Dias de Amor

–» Sempre que passamos o fim-de-semana juntos, na 2ªfeira já morro por te ver «–

Parece exagero e chega a parecer estúpido, mas não é, e há razão para isso. Por aqui, os dias da semana não são sempre iguais, não há direito a rotina.

O trabalho por turnos não permite o abraço quente todas as noites, não permite os passeios ao ar livre nos mesmos dias da semana, ou do mês. Não há datas assinaladas no calendário, não há jantares românticos marcados com antecedência. Não há constância.

Todavia, o tempo livre também tem outro sabor, e os momentos a dois são aproveitados a passo de caracol, como se não acabassem nunca. E o que gosto quando percebo que naquele dia vamos estar juntos, que naquele dia podemos namorar, fazer desporto, passear o cão, fazer compras, tratar da casa da nossa vida, fazer o que os casais “das 9 às 17” fazem.

Hoje é segunda-feira e neste fim-de-semana tive o prazer da tua companhia.

Hoje é segunda e já morro por te ver. Dava tudo por um abraço teu. Porque as saudades não têm de ser definidas pelo tempo ou pela distância.

Basta o que baste, porque somos um só.

Amo-te.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s