Natal no Continente

Terei sido a única a pensar que o mundo acabava no fim-de-semana de 4 e 5 de Novembro, na fila de brinquedos do Continente?

Como todos os anos anteriores, o Continente lançou a promoção de 50% de desconto em brinquedos. Decidi ir no Domingo, pois pensei que a confusão estivesse concentrada no dia anterior, mas enganei-me à grande.

Quando cheguei, vi carros de compras atafulhados de brinquedos, máquinas de verificação de preços já inutilizáveis, e adivinhem: éramos quase obrigados a colocar no carro os brinquedos que achávamos interessantes, para mais tarde saber o preço. Ou isso, ou ficávamos habilitados a não levar nada, visto que regressávamos às prateleiras dos bonecos minimamente giros e já estavam a zeros.

Tudo isto porque em pleno Século XXI, a quantidade prevalece sobre a qualidade, mas isso é “assunto para outros 500”.

A vantagem (a grande vantagem) de optar pela compra antecipada de brinquedos neste local, permitia o desconto de 50% do valor em Cartão Continente e, na prática, o valor tomava o gosto por metade.

(Eu agradeci e com toda a certeza, a Popota também!)

 

 

O Início do melhor de tudo

Espero que o início seja como cada início; Que haja onde começar; Que haja mil anos para aprender; Que o trevo esteja presente assim como o poder do mais forte.

Que o meio se ilumine com o reluzir das estrelas mais brilhantes e que nunca, nunca se aviste o fim do melhor de tudo.

Espero que os dias se reproduzam como divisão múltipla, acreditando que o amanhã será sempre melhor. Que as dúvidas regressem convicções e que a vida permita apreciar o azul do Céu; Que vá com o vento, que não se perca tempo e que se chegue onde desejar.

Quando for difícil de acreditar, que se acredite, que se fechem os olhos com força; Que amanheça a felicidade e derrube a tempestade; Que se harmonizem as vozes.

Que o hino se eleve sobre todas as melodias e que os grãos reunidos formem a praia da vida.

Espero que o sucesso seja o desfecho, o trabalho dê frutos e que os olhos brilhem de tanto sorrir; Que a euforia seja constante e os bambus sejam jardins de glória.

Eu darei qualquer coisa e todas as coisas, para o início do melhor de tudo!!!